Instituto Multidisciplinar em Saúde

Universidade Federal da Bahia - Campus Anísio Teixeira

Núcleo Epidemiologia e Saúde Coletiva (NESC), criado em 2006, congrega atividades de pesquisa, ensino e extensão e seus membros são prioritariamente professores-pesquisadores de diferentes áreas que atuam no processo educacional para formação de profissionais e pesquisadores com competência para reconhecer, propor e intervir nas diversas situações do processo saúde-doença. O Núcleo visa fortalecer e ampliar a atuação do IMS/CAT na Região do Sudoeste da Bahia contribuindo com a graduação, pós-graduação (lato e stricto senso), além de ações na educação permanente em saúde e educação popular.  Os membros do NESC têm apresentado propostas aos órgãos de fomento à pesquisa em âmbito regional e nacional, articulando-se, também, com outras Instituições de Ensino e Secretarias de Saúde. Destacam-se os financiamentos obtidos para o desenvolvimento do Sistema Único de Saúde (PPSUS) e as inúmeras produções divulgadas em periódicos nacionais e internacionais. Áreas de atuação: Graduação Os docentes inseridos no NESC atuam em diferentes bacharelados do IMS-CAT/UFBA – Biologia, Biotecnologia, Enfermagem, Farmácia, Nutrição e Psicologia, em diversos componentes curriculares e atividades pedagógicas. Pós-Graduação Curso de especialização em Gestão da Assistência Farmacêutica, modalidade à distância, em parceria com a Universidade Federal de Santa Catarina.  Informações sobre o curso são disponibilizadas em http://unasus.ufsc.br/gestaofarmaceutica/ Linhas de pesquisa: O NESC atua nas seguintes linhas de pesquisa:

  • Morbimortalidade da população
  • Doenças infectocontagiosas, doenças e agravos não- transmissíveis
  • Políticas de saúde, planejamento e gestão em saúde
  • Gênero e raça/etnia
  • Farmacoepidemiologia
  • Saúde sexual e reprodutiva e os ciclos da vida

Projetos de Pesquisa em andamento

  • COMQUISTA: Comunidades Quilombolas de Vitória da Conquista (Bahia): avaliação dos condicionantes de saúde (2011)
  • Avaliação epidemiológica e econômica dos anticorpos monoclonais adalimumabe, etanercepte, infliximabe e rituximabe utilizados no tratamento da artite reumatóide, artite psoriatica e espondilite anquilossante em Minas Gerais (2011)
  • Gestão do cuidado em macrorregiões de saúde da Bahia: Atenção Primária à Saúde na Coordenação dos Cuidados Regionalizados (2011)
  • Intersecções no campo da saúde reprodutiva: Estudo sobre relações de gênero e raça/etnia na região do Sudoeste da Bahia (2010)
  • Avaliação Multidimensional de Idosos Cadastrados em Unidades de Saúde da Família do Município de Vitória da Conquista (2010)
  • Perfis Identitários: estudo comparativo sobre jovens estudantes da rede pública de Vitória da Conquista (BAHIA) (2009)
  • Participação Social e Relações de Poder no Conselho Estadual de Saúde da Bahia (2009)
  • Complexidade da Farmacoterapia e Adesão à Terapia Farmacológica: Validação de Instrumentos de Mensuração e Diagnóstico Populacional em Vitória da Conquista (2009)
  • Avaliação de Métodos de Ajustes Risco para Desfechos Hospitalares com Dados do Sistema de Informação Hospitalar do SUS (SIH/SUS); 2 - Mapeamento de especialidade farmacêutica comercializadas no Brasil para o sistema ATC/DDD (2009)
  • Gestão do Trabalho e Educação Permanente em Saúde em um município do Estado da Bahia (2009)
  • Pesquisas realizadas no âmbito do Programa de Educação pelo Trabalho (PET)
  • Perfil sócio-demográfico da população infanto-juvenil trabalhadora informal e condições de saúde desta população
  • Avaliação da complexidade terapêutica e adesão ao tratamento medicamentoso em pacientes atendidos em USF
  • Levantamento sobre o uso regional de espécies medicinais e percepção sobre o uso de fitoterapia no SUS
  • Avaliação do impacto dos fatores ambientais, sociais e econômicos na saúde dos usuários de Unidades de Saúde da Família do município de Vitória da Conquista
  • Variabilidade química de metabólitos secundários em espécies vegetais medicinais de interesse para o SUS no estado da Bahia e Plantas medicinais, fitoterápicos e equidade no SUS-BA (aprovados pelo Ministério da Saúde/FAPESB - editais PPSUS 2009 e 2010).
  • Perfil clínico, epidemiológico e adesão às diretrizes clínicas para tratamento da insuficiência cardíaca sistólica na linha de base do estudo longitudinal de saúde do adulto (ELSA)

Os resultados dos projetos e pesquisas produzidas sob responsabilidade dos professores-pesquisadores do NESC têm sido publicados em revistas indexadas, congressos e outros espaços de difusão do conhecimento.  Para consulta das publicações disponibilizadas via web indicamos o www.scielo.brwww.bireme.brwww.periodicoscapes.gov.br Projetos de Extensão Quanto às atividades de extensão universitária, os membros do NESC atuam nos programas PET (Programa de Educação pelo Trabalho) – Saúde da Família e Vigilância em Saúde; assim como no Pró-Saúde (Programa Nacional de Reorientação da Formação Profissional em Saúde). Mais informações podem ser obtidas no portal do Ministério da Saúde <http://portal.saude.gov.br/portal/saude/profissional/area.cfm?id_area=1597> e no blog do PET-Vigilância em Saúde <www.petvigilanciavca.blogspot.com>.

  • Envolvimento dos discentes do IMS-CAT para prevenção da Gripe “A” (H1N1) com a Secretaria de Educação do Município de Vitória da Conquista, no projeto: campanha de higiene e cuidado do corpo – estratégias para vencer a gripe “A”. 2- Oficinas de sensibilização orientações para prevenção da Gripe A (H1N1), no SAC – Serviço de Atendimento ao Cidadão do Governo do Estado/Posto Vitória da Conquista. (2009)